Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017
Bagé/RS
  • min
  • 21º
  • 33º
  • máx
Nublado e pancadas de chuva
Imagem 6 Feira de Terneiros Nov. 2013

Brasil e Uruguai se reúnem para discutir o problema do carrapato

10/10/2017 - Expofeira de Bagé

Evento aconteceu no segundo dia de atividades da 105ª Expofeira

Produtores rurais, técnicos, alunos, e representantes de instituições públicas e privadas lotaram o salão nobre da Associação Rural no dia de hoje (10) para acompanhar as palestras e discussões promovidas durante o seminário “Carrapato em Debate”, que abordou os temas carrapato, Tristeza Parasitária Bovina (TPB) e Mosca da Bicheira.

Ficou a cargo do representante da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Irrigação (SEAPI), o médico veterinário Ivo Kohek, o início da discussão. Ele comentou sobre o programa de estratégia do controle do carrapato e da Tristeza Parasitária Bovina, em vigor desde 2015, desenvolvido pela SEAPI, que está sendo concluído este ano com a capacitação de todos os colaboradores das Inspetorias Veterinárias do Estado, a fim de qualificá-los para melhor tratar do problema carrapato, que causa aos produtores rurais sérios prejuízos.

O palestrante falou sobre as metas do programa e pediu a colaboração dos produtores no enfrentamento do problema. “O Estado, sozinho, não conseguirá fazer este controle. Precisamos da ajuda de todos”, destacou Kohek.

Na sequência, o Dr. João Ricardo Martins, do Instituto de Pesquisas Veterinárias Desidério Finamor – IPVDF, abordou a resistência do carrapato, pontuando algumas alternativas de controle.

O Dr. Martin Altuna, do Ministério da Pecuária, Agricultura e Pesca do Uruguai, falou no final da manhã, e apresentou os resultados do projeto de erradicação da Mosca da Bicheira, adotado no país vizinho, que, assim como o carrapato, causa diversos prejuízos e danos tanto à carne, quanto ao couro. Também o acompanhou na explanação a Dra. Maria Victoria Iriarte.

O Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) foi um dos patrocinadores do evento, seu presidente executivo, José Fernando Bello, e o coordenador Ricardo Michaelsen aproveitaram o espaço para ressaltar a importância do cuidado com o couro.

Bello afirmou que a depreciação no valor do couro, que tem caído semanalmente, é devida a problemas no campo, como excesso de parasitas, marcas de fogo, entre outros. Para ele, é necessário conversar com produtores e frigoríficos no intuito de buscar uma melhoria na qualidade da matéria-prima. “Em geral, a preocupação é apenas com a carne, deixando o couro em segundo plano” disse.

No período da tarde, também palestraram o Dr. Ulises Cuore, do Ministério da Pecuária, Agricultura e Pesca do Uruguai, que falou sobre "Epidemiologia e controle do Rhipicephalus (Boophilus) micropus no Uruguai. Tratamento geracional do carrapato”; e o Dr. Sérgio Silva da Silva, professor na Universidade Federal de Pelotas (UFPel), que abordou o tema “Tristeza Parasitária Bovina: Estratégias de Profilaxia e Controle”.

O evento contou com dois momentos de discussão e debate, que foram moderados, respectivamente, pela pesquisadora da Embrapa Pecuária Sul, Dra. Cláudia Cristina Gulias, e por Dr. Francisco Alves Branco, ex-pesquisador da unidade de pesquisa.

O seminário “Carrapato em Debate” teve o patrocínio do CICB, Programa Juntos para Competir (Farsul, Senar/RS e Sebrae/RS), Boehringer Ingelheim, Plantar Sul e Programa Agronegócio, da Delta FM, e apoio do Departamento de Defesa Agropecuária da SEAPI, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural de Bagé, Núcleo de Produtores de Terneiros de Corte de Bagé, Associação Brasileira de Criadores de Ovinos – ARCO e Associação Bageense de Criadores de Ovinos – ABACO.

Comente essa notícia

Veja mais notícias em destaque

Cadastre-se no site

Cadastre-se no site da Associação Rural e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da entidade.

Redes Sociais

Indicadores Rurais

Bagé-RS
Rio Grande-RS

ruralbage.com.br Todos os direitos reservados.

Av. Portugal, 495 - Parque de Exposições Visconde de Ribeiro Magalhães - Castro Alves
CEP: 96415-000 - Bagé/RS - Fone: 53 3242.5262 - 3242.8888