Quarta-feira, 21 de Novembro de 2018
Bagé/RS
  • min
  • 15º
  • 32º
  • máx
Predomínio do sol
Parque de Exposições da Associação Rural de Bagé Feira de Terneiros Nov. 2013

5º Simpósio Produção de Soja recebe grande público em sua abertura

03/07/2018 - Simpósio Produção de Soja na Região da Campanha

Promovido pela Associação e Sindicato Rural de Bagé, o 5º Simpósio Produção de Soja na Região da Campanha teve início nesta segunda-feira, 2 de julho, nas instalações do Parque de Exposições Visconde de Ribeiro Magalhães, com a presença de grande público. A primeira atividade, na parte da tarde, foi a palestra “Atitude Mulher: vencendo desafios”, promovida pela C.Vale, e ministrada pelo diretor-presidente da JC Consultoria, João Carlos Oliveira.

No início da noite, a abertura oficial contou com a presença de autoridades e lideranças nacionais, estaduais, regionais e locais. Durante sua fala, o presidente e anfitrião Rodrigo Borba Moglia destacou a importância do evento como forma de discutir os novos rumos da produção de soja e a reinvenção do modelo. “Não se obtém resultados diferentes fazendo as coisas sempre da mesma maneira”, ponderou. Ainda, enfatizou a necessidade de discutir os projetos de lei que tramitam pelo Congresso Nacional e pela Assembleia Legislativa. “Sermos eficientes dentro da porteira não basta. Precisamos estar atentos às barreiras e amarras que tentam colocar ao nosso setor”, destacou.

O presidente do sistema Farsul, Gedeão Silveira Pereira, também defendeu o setor. “Sem produtos químicos é impossível produzir a quantidade de alimentos que temos hoje. Nada, absolutamente nada, está sendo tão transformador na economia da região do que a cultura da soja”, salientou. Por outro lado, destacou três maneiras de dar continuidade à produção de soja: promover a integração da agricultura e da pecuária, começar a investir em irrigação e trabalhar pelo seguro agrícola.


O Secretário de Agricultura, Pecuária e Irrigação do Estado do Rio Grande do Sul, Odacir Klein, enfatizou a produção de alimentos como parte do direito humano à vida. “Temos que ter a coragem de dizer que nessa questão de combate a insumos químicos há muita desinformação, modismo, sensacionalismo e pouca responsabilidade. Precisamos usar aquilo que a tecnologia nos oferece. Mas também não podemos radicalizar e defender o uso sem cuidados”, explicou. Também destacou a maior compra de máquinas agrícolas feita pelo Governo do Estado através de emendas parlamentares articuladas pelo ex-secretário Ernani Polo com a bancada gaúcha no Congresso Nacional.

Antes de fazer uso da palavra, o prefeito Divaldo Lara assinou junto com o secretário de Desenvolvimento Rural, Cleber Carvalho, e o representante da Associação de Revendedores de Agrotóxicos da Fronteira – ARAFRO, Gerson da Fontoura, um protocolo de intenções de cedência de uma área à entidade dentro do Parque do Gaúcho para construção de um depósito de armazenamento. Na sequência, Divaldo falou sobre o recebimento de novas máquinas, que chegaram graças à colaboração de deputados federais. “Estradas não se arrumam com discursos, se arrumam com máquinas. Recebemos uma prefeitura com máquinas sucateadas”, enfatizou e agradeceu o empenho dos parlamentares.

O deputado federal Afonso Hamm também destacou o trabalho da bancada gaúcha que resultou na conquista das novas máquinas que vão permitir o melhoramento da malha viária rural e assim facilitar o acesso e o escoamento da produção. “É importante para o desenvolvimento a união de todas as forças e atividades econômicas. Precisamos destacar também o trabalho dos empreendedores rurais, que graças a seus investimentos trazem uma nova realidade para a região”, ressaltou.

O evento ainda contou com as palestras dos assessores do sistema Farsul, Eduardo Condorelli e Antonio da Luz.

Condorelli fez um balanço das lutas que a federação tem tomado frente em defesa do agronegócio e criticou o fim da contribuição sindical obrigatória. “Precisamos que os sindicatos sejam mantidos e financiados. Só uma grande e forte organização pode realmente ajudar o setor”, ponderou. Já Antônio da Luz falou sobre as projeções para 2019. Segundo ele, haverá um crescimento de 5% na produção de soja. “O consumo também vem crescendo acentuadamente e a China é a grande responsável por isso”, explicou. Ainda indicou que o fator eleitoral terá muita influência no preço futuro da soja e vai depender dos compromissos que os candidatos assumirem com o mercado.

O 5º Simpósio Produção de Soja na Região da Campanha acontece até amanhã, dia 04. A programação completa você confere no site www.ruralbage.com.br ou na página oficial www.facebook.com/simposiosojabage. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (53) 3242-8888, em horário comercial.

Texto: Marcelo Rodriguez
Revisão: Graciela Freitas

Comente essa notícia

Veja mais notícias em destaque

Cadastre-se no site

Cadastre-se no site da Associação Rural e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da entidade.

Redes Sociais

Indicadores Rurais

Bagé-RS
Rio Grande-RS

ruralbage.com.br Todos os direitos reservados.

Av. Portugal, 495 - Parque de Exposições Visconde de Ribeiro Magalhães - Castro Alves
CEP: 96415-000 - Bagé/RS - Fone: 53 3242.5262 - 3242.8888